terça-feira, 16 de fevereiro de 2010

Marc Chagall no Masp

O Masp (Museu de Arte de São Paulo) expõe 178 gravuras de Marc Chagall incluindo as ilustrações das fábulas de La Fontaine.
Marc Chagall foi um dos principais artistas do século XX, iniciou a sua formação artística quando entrou para o ateliê de um retratista famoso da sua cidade natal. Lá aprendeu não só as técnicas de pintura, como a gostar e a exprimir a arte. Ingressou, posteriormente, na Academia de Arte de São Petersburgo, de onde rumou para a próspera cidade-luz, Paris.
Ali entrou em contacto com as vanguardas modernistas que enchiam de cor, alegria e vivacidade a capital francesa. Conheceu também artistas como Amedeo Modigliani e La Fresnay. Todavia, quem mais o marcou, deste próspero e pródigo período, foi o modernista Guillaume Apollinaire, de quem se tornou grande amigo.
Depois da grande revolução socialista na Rússia, que pôs fim ao regime autoritário czarista, foi nomeado comissário para as belas-artes, tendo inaugurado uma escola de arte, aberta a quaisquer tendências modernistas. Foi neste período que entrou em confronto com Kasimir Malevich, acabando por se demitir do cargo.
Retornou então, a Paris, onde iniciou mais um pródigo período de produção artística, tendo mesmo ilustrado uma Bíblia. Em 1927, ilustrou também as Fábulas de La Fontaine, tendo feito cem gravuras, somente publicadas em 1952. São também deste ano conhecidas, as suas primeiras paisagens.
Visitou, em 1931, a Palestina e, depois, a Síria, tendo publicado, em memória destas duas viagens o livro de carácter autobiográfico Ma vie (em português: "Minha vida").

*Fonte Wikipédia.

A Exposição começou no dia 12 de janeiro e ficará em cartaz até o dia 28 de março.
Vale a pena conferir e programar visitas monitorada para os alunos, pois o museu dispões de adaptações para cadeirantes e monitoria especial.

O Masp fica na Avenida Paulista, 1578. Às terças-feiras a entrada é franca, nos demais dias, os ingressos custam R$ 15 (estudantes pagam R$ 7). Para menores de dez anos e maiores de 60, a entrada é gratuita. Mais informações pelo telefone (11) 3251 5644.

Gravuras sobre as fábulas de La Fontaine:

A Raposa e o Bode.



A Raposa e as Uvas.

A Cegonha e o Lobo.

segunda-feira, 1 de fevereiro de 2010

Cinco filmes relacionados à educação especial.

A Cor do Paraíso



Este é um dos mais bonitos e emocionantes filmes dos últimos tempos. Uma produção iraniana que recebeu muitos prêmios mundo afora. A Cor do Paraíso narra a comovente história de Mohammad, um menino cego que mora numa escola para deficientes visuais e que, nas férias, volta para seu vilarejo nas montanhas, onde convive com as irmãs e sua adorada avó. O pai, que é viúvo, se prepara para casar novamente. Mohammad é um garoto muito vivo, que tem uma enorme sensibilidade. Seu jeito simples de "ver o mundo" é uma lição de vida.


Dirigido por Majid Majidi



O Óleo de Lorenzo


O “Óleo de Lorenzo” é uma estória verdadeira, de um menino, Lorenzo Odone, que aos oito anos começou a demonstrar os sintomas de uma rara doença genética e incurável, a adrenoleucodistrofia (ADL). Ao invés de simplesmente ficarem sentados aguardando os resultados dos estudos médicos, eles decidiram estudar nos livros de medicina e nos poucos artigos científicos da época, tudo que pudesse ajudar na compreensão do mecanismo de ação desta doença e assim poder discutir com os médicos a melhor forma de tratamento para amenizar os sintomas de Lorenzo.


Dirigido por George Miller



Do Luto à Luta


Do Luto à Luta é um longa-metragem em 35mm que focaliza as deficiências, mas também as potencialidades, da Síndrome de Down, problema genético que atinge cerca de 8 mil bebês a cada ano no Brasil. A Síndrome de Down é sem dúvida um problema, mas as soluções são bem mais simples doque se imagina, principalmente quando deixamos de lado os preconceitos e estigmas sociais.

Dirigido por :Evaldo Mocarzel



Simples Como Amar



Esta comédia divertida e bem humorada apresenta performances brilhantes de Juliette Lewis (Cabo do Medo), Diane Keaton (As Filhas de Marvin) e Tom Skerritt
Mesmo que Carla (Lewis) tenha crescido, superado suas dificuldades e se tornado capaz, sua mãe (Keaton), uma mulher nervosa e superprotetora fica em estado de choque quando a jovem declara estar apaixonada pela primeira vez. No momento em que Carla e seu namorado (Giovanni Ribisi - O Resgate do Soldado Ryan) experimentam o delicioso sabor das grandes aventuras da vida, eles também provam que Carla conquistou sua tão esperada independência. Dirigido pelo aclamado Garry Marshall (Uma Linda Mulher/Noiva emFuga), Simples Como Amar vai fazer você se sentir fantasticamente bem.


Direção: Garry Marshall


Rain Man



Este filme a história de Charlie Babbitt, um jovem que viaja a um hospital psiquiátrico para tentar descobrir quem é o beneficiário da fortuna que seu pai deixara ao falecer, já que para Charlie ele deixara apenas rosas premiadas e um carro. Ao chegar ao hospital, Charlie descobre que o beneficiário é Raymond, um irmão mais velho autista de quem nunca ouvira falar. Para garantir o dinheiro da herança, Charles se aproxima de Raymond, disposto a brigar judicialmente pela guarda legal do irmão. Os dois então viajam pelo país, conhecendo-se e aprendendo a conviver, e passando por inúmeras dificuldades. Aos poucos, o laço entre os dois irmãos ganha força e o dinheiro deixa de ser importante.


Dirigido por: Barry Levinson